sexta-feira, dezembro 14, 2007

VENEZA I
25 ANOS DEPOIS!

Quanta beleza e romantismo esconde Veneza!
Quem me dera poder ler as histórias dos milhares de Príncipes encantados,
que ao longo dos Séculos, a estas paragens rumaram.





Este foi o requinte do quarto que nos recebeu, magistralmente no
Hotel “Tre Archi”, um palácio setecentista recentemente recuperado com mestria e sensibilidade para os pormenores.
Aqui os meus agradecimentos á simpática Yolanda Veiga,
que pela Interpass teve a missão de escolher este Palácio
tão acolhedor e romântico.



Magestosas pontes centenárias cruzam o labirinto de canais,
conferindo-lhe a originalidade impar desta cidade, como esta de Três Arcos que deu o nome ao nosso hotel, magistral obra de arte. No auge da imponência está sem duvida a Ponte do Rioalto, que une as margens do Grande Canal.




Uma cidade onde os automóveis deram lugar aos barcos, com uma eficácia inimaginável, eles transportam encomendas, correio, materiais para as obras, legumes, frutas, recolhem o lixo, são ambulância, polícia, carro funerária, táxi, autocarro, …….





O esplendor da arquitetura Palaciana, evidenciando o estilo Gótico e Renascentista, e da arte sacra dos templos religiosos, deixa-nos a todos horas apegados a estas maravilhas, independentemente do seu credo ou religião.



A imponência da Praça de S. Marcos, ladeada pelo Palácio Ducal, pela Biblioteca e pela Basílica com os seus históricos frescos nas abóbodas milenares, destaca pela sua grandeza. Aqui os pombos fazem a recepção aos turistas, a troco de um simples grão de milho.




Este é só o princípio de Veneza, a magia das Gondolas, da arte do vidro de Murano,...
Espero que gostem tanto como éu e a minha princesa apreciámos.
Façam duplo click sobre as fotos e apreciem a sua beleza.

6 comentários:

Bichodeconta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bichodeconta disse...

Voltar é sempre tão bom!! Digo eu.. Veneza é de encantos pelo que as fotos mostram, mas mais do que a beleza , elas mostram o amor nos vossos rostos, e mostram que em cama principesca ou numa encherga , estão unidos por um laço que não desata, que nada destruirá essa união.. É bom ve-los assim. Obrigada pelas palavras ternas que deixou no meu cantinho.. Esta época, todas as épocas, doiem dentro de mim..Últimamente o Zé , que não me sai do coração, esté de tal forma debilitado que não me sai da cabeça, e sofro antecipadamente uma perda.. Sem mais um abraço, sem mais um sorriso, sem mais um aconchego daquele olhar a que me habituei... Fechem as portas, mandem parar o calendário, não quero seguir em frente.. Por estes dias as pessoas correm apressadas a preparar o Natal, Socorro.. eu não quero nada matrial, mas queria ter como todas as pessoas a casa dos pais, o sorriso (ou não) da mãe, o aconchego dos irmãos que entretanto , alguns até já se esqueceram da minha existencia.. Pela primeira vez não me atrevi a fazer nada de enfeites de Natal.. Faze-lo seria alimentar uma hipocrisia... Vou estar sózinha nessa noite, tão só que dói á distancia.. Desculpe Alexandre.. Um abraço muito grande, e o desejo de que a união na vossa familia aconteça todos os dias... Um beijinho á Nina Ivanovna, aos filhos de ambos e ao Alexandre.. Feliz Natall..

Lua disse...

Alexandre as fotos são lindas. veneza... é um lugar muito especial, um dia também quero lá ir... assim como Tu com a Tua princesa eu com o meu principe....
ás tantas com a sorte que eu tenho sai-me um sapo :)
Gostei muito de ver as fotos mas acima de Tudo do ar de felicidade estampado nos vossos rostos.
Tudo de bom

Bichodeconta disse...

Feliz Natal que desejo de paz e amor, renovado em cada dia do Novo ano.Beijinhos a toda a família, Brás e Ell

Fernando Pinto disse...

Olá Alexandre! Nunca fui a Veneza, mas adorei ver as imagens que nos deixou. Gostei muito dos seus nocturnos!

Abraço e obrigado pelas palavras que deixou no meu Labirinto de Olhares.

Fernando Manuel

P. S. Fico feliz por gostar de Fotografia. Esta arte não se encontra numa boa máquina, na técnica, mas na alma do ser que faz o "click"... E isso o Alexandre, pelos vistos e pelas vistas, tem de sobra... Continue que vale a pena, porque a Fotografia liberta... Boas Festas para si e para os seus!

FELIZ NATAL!

Carmen disse...

Ver Veneza pela tua lente, foi recordar de um passado, de um momento feliz. Assim como você passei minha segnda lua-de-mel por lá, foi lindo e apaixonante. Mas passou...
Hoje estou feliz, apenas por você e Nina manterem a chama acesa do amor. Imagem é tudo. Posso sentir no olhar a felicidade deste simpático casal que, mesmo sem conhecê-los pessoalmente, sinto grande afeição e respeito.
Que assim permaneça por toda vida.
Espero algum dia conhecê-los em vida e poder compartilharmos nossas estórias.
Abraço afetuoso.
Carmen