quinta-feira, abril 27, 2006





VISITA A UM APIÁRIO NO SÍTIO DO MONFURADO
UM DIA COM AS ABELHAS
Sábado, 6 de Maio 2006

CEDA - Centro de Estudos
Documentais do Alentejo

O MISTERIOSO E FASCINANTE MUNDO DAS ABELHAS
As abelhas de mel desde sempre constituíram uma atracção especial nos seres humanos, a uns pelo fascínio do seu enigmático mundo e organização de vida, a outros pelo importante papel que têm no seu contributo para a biodiversidade das espécies e à maioria pela excelência dos produtos que nos oferecem.
A apicultura constitui uma actividade económica de enorme importância directa e indirecta para qualquer região e em particular do Alentejo. A sua manutenção e dinamização constituem um factor importante para contrariar o despovoamento e desertificação do nosso Alentejo Rural profundo, humanizado e produtivo.
Esta visita constituirá para muitos o abrir da primeira janela, para o maravilhoso e fascinante Mundo das Abelhas, o seu papel na natureza, a sua complexa e delicada organização na colmeia e a diversidade de produtos que nos oferecem, sem esquecer a dureza desta actividade, onde só permanecem aqueles que de facto amam as abelhas e têm por elas uma enorme admiração.
Alexandre Pirata
Presidente da MONTEMORMEL – Associação de Apicultores do Concelho de Montemor-o-Novo


SÍTIO DO MONFURADO
O Sítio do Monfurado, com uma área total de 23.946 hectares, abrange os concelhos de Montemor-o-Novo e Évora, estendendo-se entre altitudes de 150 metros até aos 420 metros, numa região tipicamente mediterrânica. Trata-se de uma área dominada por importantes montados de sobro e azinho onde encontramos ainda resquícios de carvalhais de carvalho-cerquinho (Quercus faginea) e carvalho-negral (Quercus pyrenaica), naquele que é o limite Sul da sua distribuição em Portugal continental.

PROGRAMA
9.30 Horas – Ponto de Encontro – Bombas de gasolina da GALP (frente ao Restaurante Monte Alentejano) – Montemor-o-Novo
10.00 Horas – Visita guiada ao Apiário – Sítio do Monfurado
13.30 Horas – Almoço – Restaurante “A Ferrenha” - Escoural
15.30 Horas – Visita ao Núcleo de Interpretação Ambiental dos Sítios de Cabrela e Monfurado (com visionamento de um filme)
Data limite de inscrição: 2 de Maio
Preço de inscrição com almoço incluído: € 10

Inscrições limitadas
CEDA Delegação em Lisboa: Rua das Portas de Santo Antão, 58, 1150-268 Lisboa
Telemóveis: 96 136 1286
96 970 2658 Fax: 21 340 51 49

E-mail: memorialentejana@portugalmail.pt

6 comentários:

girassol disse...

O passeio fica para depois. Mas as papoilas ficam comigo. Roubo-tas!

plenitude disse...

Alguém me chamou papoila primaveril há 2 anos... por isso irei estar em Monfurado, no dia 6 para conhecer as tuas abelhas.
As fotos são divinas!

girassol disse...

Ah sabes lá! O meu menino que tem quatro anos e meio quer ver como é que as abelhas fazem o mel. Eu explico: Entrou uma abelhinha pela janela e ele achou que se a pusessemos num frasco ela faria o mel lá dentro... Expliquei que não era assim, que precisavam das florinhas para extrairem o pólem para fazerem o mel. Então ele achou que podíamos pôr florinhas dentro do frasco... Comas explicações que se seguiram, ele acabou perguntando como é que se sabia que era assim e como é que se podia ver. Já tás a ver, acho que vou ter que ir a essa visita... Esta conversa acabou de acontecer, vou ter que decidir rápido se dá para ir ou não. Já agora, com esta idade achas praticável incluí-lo numa visita destas. Aconselhável é sempre desde que seja para aprenderem a amar e a preservar, por todas as razões... Mas, será praticável? Pergunto-te portanto.
Talvez devesse ter feito esta conversa para ti por mail mas como já tava aqui, também não tem mal. Mas responde-me por favor, logo que possas.
Bjinhos Alentejanos
Belmira

ciganita disse...

gostei muito da paz deste blogue, adoro papoilas,o Alentejo,o pão de lá que compro aqui no Barreiro sou gulosa, mas olhe tenho diabetes. Acha que posso aproveitar o mel que as abelhinhas fazem?não me fará mal?

ciganita disse...

então o senhor do mel não volta? Isto acabou? foi por causa de vossemecê que eu comecei na blogice e afinal...ai na me diga que está doente com tanto mel andou se calhar a comer. Volte la a aparecere

ciganita disse...

aconteceu-lhe alguma coisa? homem, voc~e nunca mais pos aqui nada.espero que esteja de saude, nao me diga que se chateou diga qualquer coisa
CIGANITA